Desafio: Um batom por dia

Olá, pessoal! Tudo certo?

Eu criei pra mim mesma um desafio bem bacana e aproveito pra contar pra vocês e convidar quem quiser participar! ❤️

Olhei pra aqueles tantos batons lá na minha penteadeira e ouvi do meu marido: “tem uns aí que você nem usa”… Argumentei dizendo que não, que eu uso todos, mas nós sabemos que é mentira, né, gente? Todo mundo tem um batom, um vestido, um sapato que acha lindo e maravilhoso, mas quando põe no corpo/boca/pé pensa “mmmm… Não.” e tira.

Pensando nisso, eu me desafiei a usar pelos próximos dias (tipo 60, 100, sei lá) um batom da minha coleção por dia. Até usar todos. Sem repetir até terminar! 

Parece inútil, provavelmente é, mas se você comprou algo é porque gostou em algum momento! Minha intenção ao fim dessa brincadeira é me desfazer do que eu não gosto mais…

Bora comigo?

Pra começar, hoje estou usando um queridinho: o Please me da MAC. 

  
Aliás, um post lindo sobre dupes da MAC está sendo montado. ❤️

Acompanhem essa brincadeira lá no meu Insta com a hashtag #umbatompordia! ❤ 

Beijinhos, amores!

Anúncios
Desafio: Um batom por dia

Cachos, low poo e no poo

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Hoje eu to muito empolgada porque trouxe a primeira colaboração no Beauty by Glau! Uhuu!!

O momento é das cacheadas, né gente? Então, nada mais justo do que eu trazer alguém que mantém cachinhos lindos e muito bem cuidados pra dar dicas pra nós do que usar nos cabelos!

Hoje o post é da minha prima linda, a Eliza!

Bora ler?

  
“Quando nasce uma criança com o cabelo crespo ou cacheado, a maioria das famílias não sabe lidar, chama de “cabelo ruim”, traumatizando a criatura logo na infância. E isso é bem tenso porque pode trazer diversos problemas de autoestima. Bom, aí ela cresce achando que a única “solução” viável é o alisamento, relaxamento, progressiva etc. e enquanto não tem idade para isso, vive à base de chapinha, ou com o cabelo molhado, ou ensebado de tanto creme, ou até mesmo preso. Sei que muitas cacheadas e crespas se identificam com isso e têm histórias parecidas.

Mas essa tradição vem mudando. Hoje há uma grande corrente de crespas e cacheadas blogueiras e youtubers que exibem sua linda cabeleira e fazem o maravilhoso trabalho de ensinar os segredos, dar dicas, indicarem produtos e técnicas para cuidarmos dos nossos cabelos e aprendermos como eles podem ser lindos naturalmente, ficando o alisamento uma opção e não a única solução, até porque, nenhum cabelo é problema. O problema é você não saber lidar com a personalidade difícil dele e alisar por não ver uma luz no fim do túnel.

Bem, a primeira coisa que precisamos ter em mente é que falar de cabelo não é simplesmente falar de cabelo. É falar de identidade, aceitação, autoestima, saúde, amor e beleza, que não está no fim da lista por acaso, pois é preciso passar por todas as outras etapas antes de alcançar a verdadeira beleza.

Falar de cabelo é falar de saúde porque ele se “alimenta”, através dos vasos sanguíneos, absorvendo grande parte dos nutrientes que ingerimos, por isso, ele funciona como um termômetro do nosso corpo. Se alguma parte dele está afetada por alguma doença, mais nutrientes vão para ela e menos para o cabelo. Ou, se sua alimentação está ruim, ele também “avisa” ficando enfraquecido, e, portanto, perdendo brilho e beleza. Logo, dificilmente você terá um cabelo bonito se não comer aquelas coisas que sua mãe te obrigava a comer quando era criança, fazendo as mais variadas chantagens.

Além dessa nutrição, existe uma proteção natural, de um óleo formado na nossa glândula sebácea, que age diretamente na cutícula, parte mais externa do fio. Esse processo mantém a água (hidratação) dentro do fio – porque óleo repele a água – e protege o fio de agressões externas. E é aí que os cabelos cacheados e crespos sofrem mais: o óleo natural tem que percorrer um caminho com muitas curvas e ondas, o que faz com que ele acabe antes de completar o caminho. E é por isso que, falou de tratamento para crespos e cacheados, o principal ingrediente é óleo. E que seja puramente vegetal. Pode ser adicionado a máscaras e cremes ou utilizado puro. Besuntar o cabelo e o couro cabeludo com óleo vegetal não vai fazer com que ele fique oleoso, vai hidratar, amaciar, dar brilho e trazer diversos benefícios que variam conforme o óleo escolhido. Isso se chama umectação e essa técnica é conhecida como nutrição, mas já vimos que a nutrição do cabelo se dá de dentro pra fora, pela alimentação.

E é por esse “ressecamento natural”, que os cabelos crespos e cacheados requerem mais cuidado, o que, às vezes, demanda um pouco mais de tempo. Pois não é só passar o shampoo e o condicionador a semana inteira pra ele ficar lindo e sedoso. É preciso muito carinho, cuidado, amor e muita hidratação… mas muita mesmo. E além disso, evitar ao máximo o ressecamento. Tá, mas como? Calma, vou explicar: grande parte do ressecamento dos nossos cabelos é causado por maus cuidados, como: calor excessivo (secador, chapinha, água quente – sim, eles preferem água fria), excesso de shampoo, shampoo anti-resíduo, ou até mesmo escolha errada dos produtos. Então, é preciso evitar os agentes ressecadores.

Muitas cacheadas e até lisas estão entrando na onda low poo e no poo, técnicas aprimoradas pela cabeleireira inglesa Lorraine Massey, especialmente para cacheadas e crespas, mas que em nada impede as lisas e onduladas de utilizarem também. Afinal, as técnicas retiram da rotina capilar a utilização de substâncias que prejudicam a saúde dos fios, tratando-os da forma menos agressiva possível.

Low poo (pouco shampoo) consiste na utilização apenas de shampoo sem sulfatos e em quantidade mínima, mas com limpeza eficiente, para isso, precisa ser retirada da fórmula dos produtos, o que só o sulfato é capaz de limpar, que são os derivados de petróleo, óleos minerais (parafina líquida) e vaselina. E o no poo (sem shampoo) consiste na abolição do uso do shampoo na rotina capilar, e, para tanto, é preciso abolir também, além dos componentes proibidos para low poo, os silicones insolúveis em água. A limpeza dos cabelos, no caso do no poo, é feita através de co-wash (lavagem com condicionador), higienizadores próprios ou até mesmo bicarbonato de sódio diluído em água. E a reação da maioria das pessoas quando você fala que não lava os cabelos com shampoo, é pensar que seu cabelo é sujo. Só que não. Afinal, você não usa nenhuma porcaria que necessita de shampoo pra sair dos fios.

Bem, já falamos de nutrição e hidratação. Agora vamos para outra etapa do CC (cronograma capilar), a reconstrução. Nosso cabelo é composto por uma proteína chamada queratina (85%), água (12%) e lipídios (3%). E é por isso que, a maioria dos produtos ditos para “reconstrução capilar” contém queratina. Utilizar máscaras e cremes com esse componente, ou a própria queratina líquida pura, vão ajudar a repor massa capilar perdida com ações químicas. Mas cuidado! Muita queratina pode acabar enrijecendo demais os fios e fazendo eles quebrarem com mais facilidade.

Uma importante etapa para os cuidados com os cachos é a finalização. E para esta, existem inúmeras técnicas utilizando creme de pentear, leave-in, óleo, gel, mousse ou associação de dois ou mais desses, fazendo fitagem, plopping ou simplesmente passando os produtos de qualquer jeito, vai de você testar e encontrar o que funciona no seu cabelo. Após a finalização, existem alguns cuidados extras a se tomar com os cachos, que ajudam a mantê-los no day after:

§ Dormir em fronha de cetim – pois é um tecido liso, que não causa o atrito que forma o frizz e também não absorve como o algodão, mantendo a hidratação nos cabelos e conservando bem os cachos até você acordar.

§ Ulilizar tecido de algodão (como uma camiseta velha) para secar os cabelos em vez da toalha de banho, pelo mesmo motivo do atrito.

§ Evitar o uso de secador e, quando utilizar, que seja na temperatura mais baixa.

§ Lavar os cabelos na água fria, ou de cabeça para baixo, de forma que a água mais quente caia na parte traseira do cabelo, que fica escondida na nuca.
Dica extra: na cozinha da sua casa existem muitos ingredientes que podem trabalhar a favor da sua beleza, e não apenas comendo, mas compondo máscara de hidratação e umectação. Exemplo: azeite de oliva, amido de milho, achocolatado, cerveja, gelatina incolor, cenoura, creme de leite, leite de coco, maionese, linhaça, abacate, banana, ovo, açúcar, mel, limão, vinagre de maçã, entre outros. Há muitas receitas com cada ingrediente desses. Se joga na despensa, gata!

A grande questão por trás disso tudo é você aprender a conviver com seu cabelo da forma que ele nasceu, entender o que ele precisa e mantê-lo saudável, o que não significa ser obrigado a deixá-lo natural, e sim estar livre dos padrões sociais para usá-lo da forma que te faz feliz.”

Mara, né? Eu uso progressiva há 10 anos e nem me lembro mais como era meu cabelo antes! Hahaha

Mas as dicas são muito bacanas pra quem alisa também! Eu tenho feito low poo usando shampoo e condicionador Jhonson’s baby e meu cabelo nunca esteve tão macio e bonito! Até meu marido reparou que a queda de cabelo diminuiu muito!

Bora lá cuidar da cabeleira, meninas?

Beijinhos! 😘

Cachos, low poo e no poo

Melhores de 2015

To atrasada? Sim! Quem nunca? 😁

Tirei férias do blog pela correria de final de ano, mas to aqui de volta!!

Como foram de festas?

Para iniciar este ano, achei justo contar pra vocês, amigos, o que eu mais gostei em 2015, no geral… Queria muito, inclusive, que vocês me contassem seus favoritos nos comentários! Se quiserem resenha de algo, comenta também e eu faço!!

Bora lá?

Cabelos:

Pra lavar: Shampoo e condicionador da linha Argan da Inoar.

Pra finalizar: Creme para pentear da linha reparação da Tresemmè e Óleo extraordinário da L’Oreal.

Para tratar: creme de tratamento Elseve Arginina Resist x3 para restituição de massa.

Penteado: sock bun (coque rosquinha)! ❤

Rosto:

Pra lavar: sabonete líquido neutro da Flores e Vegetais combinado com a escovinha para lavar o rosto da Belliz.

Pra proteger: Episol fator 70 cor claro

Pra hidratar: Vult Hidratti creme facial diurno (FPS 30)

Para dormir: Creme noturno L’Oreal revitalift

Maquiagem:

Primer: Nívea men bálsamo pós barba na versão sensitive

Base: Bourjois Paris Healthy mix serum na versão gel para peles oleosas

Corretivo: MAC pro longwear concealer

Pó: Vult HD translúcido na cor 01

Bronzer: Vult soleil na cor 02

Blush: MAC mineralize na cor love joy (AMOR ETERNO)!

Contorno: MAC blush na cor Harmony

Sobrancelhas: lapiseira retrátil toque de natureza e máscara incolor para fixação da Avon

Paleta: Catharine hill 1017

Delineador: Fluidline em gel na cor blacktrack da MAC

Máscara de cílios: Colossal volume da Maybelline NY

Lápis: Bourjois Paris contour club waterproof preto e Vult Perfect up rosadinho para dar um up abaixo das sobrancelhas ❤

Pigmento: Vult 05

Iluminador: Mary Lou-manizer da The Balm

Batom: líquido matte da Tracta (qualquer cor)

Unhas:

Pra começar: Base niveladora Risquè

Pra pintar: esmalte Vult (qualquer cor)

Pra finalizar: Super brilho da Impala (pela duração do esmalte prolongada)

Pra remover: Removedor de esmaltes AK em pote

Aleatórios:

Livro: Felicidade Clandestina – Clarice Lispector

Filme: Simplesmente acontece

Musica: Good for You – Selena Gomez

Clipe: Hotline bling – Drake (A MELHOR DANCINHA EVER!!)

Album: Honeymoon – Lana del Rey (diva, musa, maravilhosa)

Pra terminar feliz, vou deixar o clipe do ano aqui pra vocês! Dancem comigo e com o Drake!! Hahaha

 http://youtu.be/uxpDa-c-4Mc

Beijinhos e um 2016 maravilhoso a todos! 😘

Melhores de 2015

Resenha: corretivo MAC pro longwear

Olá, pessoal! Como estão?

Hoje eu venho contar pra vocês sobre um produto que eu nunca tinha testado antes (porque eu sou uma VACILONA): o corretivo pro longwear da MAC.

Eu usei ao longo do tempo dois corretivos da MAC. O select moisture cover e o Studio fix, famosíssimo pela cobertura alta. Este último, inclusive, foi o que eu usei pelos últimos dois anos, diariamente (sim, o mesmo. Ele dura tudo isso aí!)

Apesar de adorar o corretivo em pasta, eu sempre achei que ele acumulava muito nas dobras, coisa que eu tenho muito embaixo do olho! Hahaha

Junto com olheiras cinzas e que não vão embora de jeito nenhum.

Há algum tempo, assisti a um vídeo antigo da Jaclyn Hill (beauty guru DEUSA, ex makeup artist da MAC e criadora do iluminador dos meus sonhos – o Champagne pop – em parceria com a Becca) onde ela explicava que corretivos em pasta não são indicados para olheiras por acumularem nas dobrinhas… Estive na MAC atras da nova base (que ainda não havia saído) e acabei comprando o tão famoso pro longwear.

Antes:

  
Depois:

  
MEU DEUS. Por que diabos eu não comprei esse corretivo antes?! Não sei. Cobertura linda, longa duração e não acumula nas dobrinhas. Se joga! Pode usar!! Confia em mim!

Quando eu digo longa duração, amiga, é porque eu saio de casa às 6h da madruga e volto às 18h e ele está INTACTO. Tudo o que eu faço é assentar com pó translúcido (atualmente estou usando o da Vult, mas isso é assunto pra outro post. 😉).

Eu tenho o radiant creamy concealer, da Nars, e ele é ótimo, mas acumula legal nas dobras. Fora que eu não achei meu tom e comprei um mais claro, então uso ele apenas para iluminar o centro do rosto quando vou fazer uma make mais elaborada.

Enfim, achei o corretivo da vida! Dizem por aí que o natura aquarela é o lacrador do ano, mas ainda não testei!

Meu tom é o NW25 (dica: se você tem olheiras escuras, genéticas, procure usar os tons iniciados por NW abaixo dos olhos, pois o fundo pêssego/ rosado ajuda melhor a camuflar olheiras. Os amarelos são bons pra iluminar.). Na próxima comprarei o NW20 porque percebi que ele dá uma oxidada de leve e fica mais escurinho.

Vocês têm algum corretivo queridinho? Me contem!!

Beijinhos! 😘

PS: não se esqueçam de me seguir nas redes sociais!!

Instagram
Snapchat
Facebook
Twitter
Pinterest

Resenha: corretivo MAC pro longwear

As cores de 2016

Olá, pessoal! Tudo bem?

Semana passada a Pantone resolveu (FINALMENTE) anunciar quais as cores tendência pra o próximo ano.

Pra quem não conhece, a Pantone é uma empresa norte americana que (manda em qual cor a gente vai usar) estuda os sistemas de cores e que, baseada em diversos estudos, anuncia quais serão as cores tendência pra roupas, cosméticos etc..

Esta empresa criou aquelas plaquetas bacanas com milhões de cores que as pessoas usam quando vão criar algo e precisam decidir quais cores usar.

Segundo a marca, as cores pra 2016 são o rosa quartzo e o azul (calcinha) serenity.

Super meigas e delicadas!! Dá uma olhadinha no anúncio deles:

IMG_1362

Achei justo! Quanto mais discretas as cores, mais a maquiagem, o look ficam com cara de rycah, né? Pois então! Tendência, gente!! Hahaha

O que vocês acharam das cores? Me contem nos comentários!

Beijinhos! 😘

As cores de 2016

Resenha: pincéis Macrilan 

Olá, gente linda!

Tudo bem?

Hoje eu To aqui pra contar sobre essas belezuras que são os pincéis da Macrilan.

Há tempos eu lamentava a falta de pincéis BBBs no Brasil… Eu juro… Comprava pincel baratinho na perfumaria e era sempre mais ou menos…

Quando experimentei os pincéis da Quem disse,Berenice? achei ótimos, mas não são tão baratos assim… Já tinha pensado o mesmo sobre pincéis da Contém 1g e do Boticário.

Um dia eu achei pincéis da Macrilan pra vender e resolvi comprar uns… Comprei o pincel delineador angular, o de sombra pra borrar a parte inferior da pálpebra, o de esfumar, o de precisão e o kabuqui reto pra base. Meu Deus… Vocês vão achar que eu estou exagerando, ou sendo paga, mas eu to falando a verdade pra vocês: eles são INCRÍVEIS!

Quando digo incríveis, digo que o pincel de delinear da MAC que eu morri falando bem há meses ganhou um dupe digno nacional por menos de R$ 4. Sim… A média é essa… O de base kabuqui foi o mais caro e foi R$ 19!

Hiper recomendo, as cerdas são macias, não soltam pelos e aplicam lindamente a maquiagem!

 As fotos abaixo:

O de esfumar.

  
O de precisão.


O de borrar.    
O de delinear.

 

O kabuqui para base.
  
CHEGA DE PAGAR CARO EM PINCEL! HAHAHAHA

E vocês, têm alguma marca de pincel que me recomendam?

Beijinhos! 😘

Resenha: pincéis Macrilan 

Resenha: paleta vivai

Olá, pessoal! Tudo bem aí?

De uns tempos pra cá, tenho visto mais resenhas de youtubers brasileiras e, assim, conhecido mais marcas nacionais de maquiagem.

Outro dia, passeando pela 25, parei na famosa Afife e resolvi comprar uma paleta de maquiagem pra experimentar!

Estou em choque com a qualidade, gente! Serio! A paleta é toda matte, tem 24 sombras e quatro blushes. Tudo é hiper fácil de soltar da paleta (às vezes os produtos matte não soltam no pincel de jeito nenhum!) e são muito pigmentados! As sombras duram o dia todo nos olhos se você usar um primer.

  
Olha aí alguns swatches:

  
Paguei R$ 10,50. 😱

Super indico! Principalmente pra quem está começando a aprender!! São várias cores, boa qualidade e um preço acessível pra usar diariamente.

Já experimentaram algo da marca? Me contem nos comentários!

Beijinhos! 😘

Me sigam nas redes!

Instagram 

Snapchat
Twitter
Facebook
Pinterest

Resenha: paleta vivai